Artigos Ver

Imagem
Título Orçamento Participativo da Ribeira Grande triplica número de votantes
Texto

A criação de um parque de merendas na freguesia dos Fenais da Ajuda, a construção do jardim do Linho, na Lomba da Maia e a instalação de um parque infantil, em São Brás, foram as propostas vencedoras da segunda edição do Orçamento Participativo promovido pela Câmara da Ribeira Grande.

A sessão pública de apresentação das propostas mais votadas decorreu terça-feira, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, contando com a presença dos promotores das propostas vencedoras ou seus representantes.

A proposta vencedora – parque de merendas nos Fenais da Ajuda – recebeu 1271 votos, enquanto o jardim do Linho totalizou 1216 votos e o parque infantil de São Brás recolheu 1149 votos.

O presidente da autarquia, Alexandre Gaudêncio, presidiu à cerimónia acompanhado pela vice-presidente, Tânia Fonseca, enaltecendo a “forte adesão dos munícipes ao projeto, na medida em que o número de inscritos para votar triplicou em comparação com o ano anterior, passando de 556 em 2015 para 1900 em 2016.”

Alexandre Gaudêncio destacou que “os números reafirmam o sucesso do projeto e vincam tratar-se de uma ferramenta útil e necessária para que os munícipes possam ter voz ativa no que respeita à melhoria da qualidade de vida no concelho, oferecendo-lhes a oportunidade de participarem nos projetos a desenvolver.”

Em termos comparativos, a proposta vencedora na segunda edição do Orçamento Participativo Ribeira Grande recebeu 1271 votos, enquanto no primeiro ano a vencedora tinha recebido 204 votos. Quanto à segunda (1216/196) e terceira (1149/168) classificadas as diferenças também vincam a significativa adesão dos munícipes.

O edil salientou que “mais uma vez, e à semelhança do verificado na primeira edição com a Lomba de São Pedro, uma freguesia pequena como é São Brás, conseguiu colocar uma proposta nas três primeiras classificadas, o que demonstra de uma forma clara que as vitórias não estão garantidas às freguesias com mais população.”

Com uma dotação de 210 mil euros – 70 mil para cada uma das propostas vencedoras – o Orçamento Participativo da Ribeira Grande dá a palavra às pessoas, aumenta a transparência da atividade da autarquia e o nível de responsabilização dos eleitos e da estrutura municipal.

A concretização das propostas vencedoras são projetos a desenvolver ao longo do próximo ano assegurados que estão, através da devida cabimentação financeira, os montantes necessários para o efeito.

Data Inicio 21/12/2016